Instituto Plínio Antônio de Moraes - Uberlândia - Aparelho Lingual
Instituto Plínio Antônio de Moraes - Uberlândia - Ortodontia
Por que as aftas se formam?
foto divulgação
Sem causa definida, esse problema bucal pode estar associado a alimentos cítricos, estresse, alergias ou até a traumas mecânicos

Aftas são lesões que se manifestam na mucosa bucal causando desconforto e dor. Elas podem ser pequenas (até 1cm) com bordas bem definidas, avermelhadas e com um centro branco-amarelado cheio de pontinhos vermelhos ou maiores (acima de 1cm), sem bordas definidas e mais profundas. Mas a grande questão dessa matéria é: por que elas se formam?

Talvez você se decepcione com a resposta, pois até os especialistas não sabem ao certo o que causa esse mal. “Não há uma causa estabelecida, por isso dizemos que as aftas são idiopáticas (de causa desconhecida). No entanto, a maioria dos pacientes a associam a algum alimento cítrico como abacaxi ou limão”, diz Karyne Magalhães, cirurgiã-dentista habilitada em Laserterapia e vice-presidente da Associação Brasileira de Halitose (ABHA).

Para evitar aftas, controle o estresse através da atividade física, tenha boas noites de sono e, se nada disso resolver, peça ao seu médico ou dentista que faça uma avaliação necessária.

Mas, segundo a especialista, as aftas também podem aparecer por predisposição genética, alergias (a medicamentos ou alimentares), fatores hormonais, imunológicos, estresse, deficiência de vitaminas, agentes infecciosos, suspensão do cigarro e produtos para higienização bucal que contenham Lauril Sulfato de Sódio. “Outra causa bem frequente é o trauma mecânico causado por objetos, escova de dente, alimentos ou unhas”, diz Karyne.

Cigarro e lactose

Como vimos acima, Karyne citou que parar de fumar pode causar aftas e isso é verdade. “Quando a pessoa fuma por alguns meses ou anos, sua mucosa bucal se torna mais espessa, mais "forte", pois o calor e os componentes do cigarro alteram a mucosa bucal”, diz a especialista.

Mas não se anime achando que encontrou um bom motivo para praticar esse vício tão perigoso, pois a dentista é bastante enfática quanto a esse assunto. “Não esqueça que tratar uma afta é muito mais simples que tratar um câncer”, completa.

Se você costuma ter aftas com frequência e ainda não conseguiu associá-las a algum motivo, Karyne indica que seja feito um teste de intolerância a glúten. “Recente, uma conhecida me relatou que apresentava lesões frequentemente e que sua médica, suspeitando da intolerância ao glúten, lhe pediu esse tipo de exame. O resultado acabou sendo positivo e, após suspender o glúten, ela não registrou mais a aparição de aftas”, diz a especialista.

Como evitar e lidar com as aftas

Para evitar ou lidar com as aftas é preciso muita disciplina. Quando a pessoa sabe o que costuma causar as lesões fica mais fácil, pois basta suspender o uso ou consumo do motivo em questão.

“Procure também não colocar as mãos na boca para evitar a contaminação por micro-organismos, não roa unhas, não leve objetos a boca, além do garfo e da colher para se alimentar. Controle o estresse através da atividade física, tenha boas noites de sono e, se nada disso resolver, peça ao seu médico ou dentista que faça uma avaliação necessária”, diz Karyne.

Alimentos mais frios ajudam a aliviar a dor e os quentes, a intensifica. “Também recomendo que a pessoa com afta continue higienizando a boca corretamente. É um pouco mais difícil higienizar a boca ferida, porém reduzindo a carga microbiana, a cicatrização acontece de forma mais rápida”, diz Karyne.

Laserterapia

Mas quando falamos de tratamento, a dentista destaca a laserterapia, que é específica para esse tipo de problema. “Ela auxilia na dor, no processo de cicatrização e reparação da afta. Para aquelas pessoas que apresentam aftas recorrentes, a laserterapia, é uma grande aliada, espaçando os períodos entre as recorrências e "fortalecendo" a mucosa para que não ocorra mais lesões. Essa terapia consiste em no mínimo 10 sessões de laser de baixa potência”, explica a especialista.

Como cada indivíduo apresenta um tipo de mucosa, é o cirurgião-dentista que deve estabelecer o protocolo de tratamento das aftas. “O tratamento com laser é seguro, altamente eficaz e acessível. Mas fiquem atentos, lesões na boca que não cicatrizam em até duas semanas, precisam ser investigadas”, diz a especialista.
Colgate


Curiosidades: bichectomia

Quando devo trocar minha escova de dente?

Preenchimento gengival

Cirurgia de Amígdalas

Curiosidades: Palito de Dente

Curiosidades: Saliva

Mau Hálito incomoda? Descubra os Mitos e Verdades

Todos os dentes de leite caem?

Zika vírus presente na saliva! Seria o fim do beijo na boca?

Desodorantes antitranspirantes podem causar mau hálito?

Porque alguns dentes se movem?

Proposta revoga uso obrigatório de flúor na água tratada

A Mordida errada em crianças, é possível tratar

10 imagens feitas com microscópio eletrônico em dentes, escovas e fio dental

Curiosidade: ruivos sentem mais dor de dente e tem mais medo de dentista

Gêmeas nascem com dentes e surpreendem médicos

Todos temos que remover os sisos, antes mesmo que eles nasçam?

Tratamento ortodôntico em Adultos também é possível

Durante o tratamento ortodôntico pode-se mastigar todo o tipo de alimento?

Como fazer uma boa higiene bucal?

Pouca saliva faz aumentar número de cáries?

É exagero ir no dentista com frequência?

Mau hálito é problema de estômago?

Se o dente de leite do meu filho não cair sozinho, não devo me preocupar com ele?

Chupeta faz mal para a dentição das crianças?

A erosão ácida retira a proteção do esmalte do dente?

O aparelho ortodôntico causa dor?

Chá-verde escurece os dentes?

Chupeta: bandida ou mocinha?

Tomar refrigerantes escurece os dentes?
Instituto Plínio Antônio de Moraes - Uberlândia - Aparelhos dentais
Instituto Plínio Antônio de Moraes - Uberlândia - Dr. Plínio de Moraes